Eleusa Coronel destaca o agronegócio, ensino técnico e capacitação para recuperar a economia de Salvador

“A agricultura familiar gera emprego, renda e precisamos ter uma atenção especial com o setor do agronegócio, uma das molas propulsoras da nossa recuperação econômica no pós-pandemia”. Afirmou a candidata a vice-prefeita pela coligação “Vamos Cuidar de Gente”, Eleusa Coronel, durante o Encontro do Setor Produtivo com os Candidatos a Prefeito de Salvador, nesta quarta (21).

Eleusa substituiu o candidato a prefeito Pastor Sargento Isidório, impedido de participar devido a outro compromisso de campanha. O encontro on line promovido pelas instituições (Federação das Indústrias do Estado da Bahia (FIEB), Federação da Agricultura e Pecuária do Estado da Bahia (FAEB) e Fecomércio-BA, foi para ouvir as propostas dos candidatos para o setor produtivo de Salvador.

Questionada sobre as propostas para a recuperação econômica de Salvador pós-pandemia e ações voltadas ao agronegócio, Eleusa salientou o papel da prefeitura na valorização da agricultura familiar.

Foto: Reprodução Youtube

“É importante que as famílias produtoras tenham apoio. Não só suporte técnico, mas também de insumos e capacitação para agregar valor a seus produtos. Além disso, pretendemos investir em parcerias com as escolas técnicas, essenciais para a formação de profissionais qualificados em todas as áreas, inclusive no agronegócio”, destacou.

Ao falar sobre os planos para a área de Habitação e Infraestrutura, Eleusa Coronel citou a construção de uma ponte ligando a Ribeira a Plataforma para melhorar o escoamento da produção e agilidade na regularização de imóveis para garantir segurança às famílias que ainda não possuem documentação de suas moradias.

“Faremos a ampliação e aperfeiçoamento do Programa Morar Melhor com a criação do ‘Tá Rebocado’, que além de requalificar moradias, ainda vai aproveitar a mão-de-obra qualificada dos bairros atendidos pelo projeto”, alegou Eleusa. A candidata a vice ressaltou ainda, a necessidade da retomada do ‘Programa Minha Casa, Minha Vida’ em parceria com o governo federal, “independente do nome que queiram dar ao programa”, explicou.

Eleusa lembrou também do planejamento para construção de uma nova rodoviária em Águas Claras, e consequentemente, o aquecimento do comércio que a obra irá proporcionar na região. Além do Pólo de Distribuição do bairro de Valéria, que também vai proporcionar a melhoria do setor de comércio e serviços no seu entorno.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *