Isidório afirma que vai criar a ‘Rede Cuidar’ de saúde com foco na prevenção

“A ‘Rede Cuidar’ terá como prioridade a prevenção de diversas doenças para reduzir a demanda por serviços hospitalares e a fila de espera por cirurgias”, garante o candidato a prefeito, Pastor Sargento Isidório, da coligação “Vamos Cuidar de Gente” (Avante, PSD, PMB).

De acordo com Isidório, a capacidade de investimento da prefeitura, em grande parte alocada no custeio dos serviços de saúde, chegou ao seu limite, embora os serviços continuem precários e aquém da expectativa das pessoas.

A ideia do programa é trazer para a prefeitura por meio da tecnologia da informação, políticas de atuação ativa na promoção da saúde a partir de um monitoramento individualizado de doenças crônicas, como hipertensão e diabetes, outras doenças como o câncer de mama e de próstata, além do acompanhamento de idosos e crianças até seis anos.

Há também a proposta da criação do Centro de Referência do Idoso, com acompanhamento fisioterápico, psicológico, nutricional, físico, entre outros, de modo a responder com eficácia às doenças relacionadas à idade mais avança.

Ainda dentro do programa, está prevista a criação do Serviço de Transporte Interno em Saúde, garantindo melhor integração entre as redes municipal e estadual e o aperfeiçoamento da comunicação entre os equipamentos de Saúde para o redirecionamento dos pacientes ao serviço de atendimento mais adequado a cada caso.

“Através dessas ações de prevenção, vamos poder controlar a ocupação de leitos, reduzir o período de espera na regulação para cirurgias eletivas e assim,  melhorar o sistema de saúde por completo”, assegura a candidata a vice-prefeita, Eleusa Coronel.

Entre as ações complementares do programa estão:

– Ampliação do Programa Saúde da Família, levando atendimento para comunidades e ocupações;

– Criação de programa de valorização do profissional da Saúde;

– Criação de um canal de teleatendimento em Saúde e integração deste com o canal estadual;

– Acesso on line à Relação Municipal de Medicamentos disponibilizados aos cidadãos nos postos de saúde;

– Implantação da Central avançada de laboratórios para exames gratuitos de diversas especialidades médicas.

– Ampliação e fortalecimento do atendimento relacionado à saúde bucal da população;

– Criação do Centro Neurológico, para proporcionar atendimento aos pacientes com problemas neurológicos de qualquer tipo;

– Ampliação das políticas públicas voltadas ao combate à anemia falciforme.

Além de ações específicas para a saúde da mulher em todos os aspectos, desde o atendimento integral, humanizado e de qualidade às mulheres em situação de violência, campanhas de conscientização e de combate à violência contra a mulher e todo tipo de assédio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *