Bolsonaro: ‘Lula mente ao dizer que só perdoamos dívidas do FIES por causa dele’

O presidente Jair Bolsonaro (PL) afirmou que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), seu possível adversário nas eleições deste ano, mentiu ao afirmar que a Medida Provisória para que estudantes renegociem dívidas com o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) tenha sido editada após declarações do petista. De acordo com Bolsonaro, a decisão foi discutida há meses pela equipe econômica e as conversas teriam vazado para Lula.

“Essas decisões você não toma de um dia para o outro” disse Bolsonaro, durante entrevista à TV Nova Nordeste, de Pernambuco. “Nós começamos, há alguns meses, a discutir esse assunto com a equipe econômica. E nessa discussão acabou vazando, e daí o Lula se antecipou e falou que anistiaria”, afirmou o presidente.

A Medida Provisória trouxe as condições para que estudantes com contratos firmados até o segundo semestre de 2017 e que estejam com débitos vencidos e não pagos possam ser regularizados. Mais de 900 mil contratos podem ser beneficiados.

Bolsonaro prometeu o perdão depois que no dia 8 de dezembro o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva prometeu anistiar dívidas do Fies. Como o Estadão/Broadcast Político mostrou, há ainda diversos projetos em tramitação no Congresso que preveem a anistia.

Fonte: Acesse Política

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *