Prefeitura requalifica mais um Centro de Referência de Assistência Social

Foto: Valter Pontes/Secom PMS Entrega do Cras do Nordeste/Lucaia 14 de janeiro de 2022 | 20:00

Prefeitura requalifica mais um Centro de Referência de Assistência Social

Salvador passa a contar com mais um Centro de Referência de Assistência Social (Cras) totalmente requalificado. Desta vez, a unidade beneficiada foi a do Nordeste/Lucaia, que terá capacidade para acolher 5 mil famílias em situação de vulnerabilidade, oferecendo atendimentos psicossociais e acesso a diversos serviços públicos. A entrega do equipamento foi feita pelo prefeito Bruno Reis, pela vice e secretária de Governo (Segov), Ana Paula Matos, e pelo titular da Secretaria de Promoção Social, Combate à Pobreza, Esportes e Lazer (Sempre), Kiki Bispo, nesta sexta-feira (14).

Bruno Reis lembrou que esta é a primeira vez que o Cras Nordeste/Lucaia passa a ter uma sede própria. “Esta unidade sempre esteve associada a outras estruturas municipais. Agora, as famílias da região passam a ter um local central de atendimento e uma porta de entrada para os serviços da Prefeitura, a exemplo de benefícios eventuais, como o Aluguel Social, e diversos outros serviços de fortalecimento de vínculos”.

Localizado na Rua Lucaia, 68, Rio Vermelho, a nova sede funcionará de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h, e abrangerá as áreas de Amaralina, Vila Matos, Chapada do Rio Vermelho, Santa Cruz, Nordeste de Amaralina e Vale das Pedrinhas. O espaço possui recepção, sala para Cadastro Único, cinco salas de atendimentos, duas salas multiuso, um espaço de convivência, sala de coordenação, três sanitários, um almoxarifado, um depósito e uma copa.

O prefeito acrescentou que, em apenas em um ano de gestão, a capital baiana já soma quatro novos centros de referências e que outros três estão previstos para serem entregues este ano. “Dos 28 Cras, chegaremos a 17 requalificados dentro dos recursos de financiamento junto ao Banco Mundial. As demais 11 estruturas, além dos sete Centros de Referência Especializados de Assistência Social (Creas) da cidade, serão requalificadas dentro de um modelo padrão que iremos adotar. Com isso, iremos ampliar nossa capacidade de atendimento, posicionando melhor as estruturas e oferecendo espaços com muito mais conforto e qualidade”, frisou.

“Desde o início da pandemia, a Prefeitura não tem poupado esforços para oferta de benefícios sociais da cidade. A intenção é seguir avançando para favorecer a população que necessita desses serviços. Aqui está sendo entregue hoje uma unidade nova, equipada com profissionais qualificados para dar suporte a essas famílias”, pontuou o secretário Kiki Bispo.

Atuação – Os Cras da capital baiana colocam em prática ações do Programa de Atenção Integral à Família (Paif), através de serviços de acolhimento, acompanhamento sociofamiliar; atividades socioeducativas com famílias no contexto comunitário, com serviços como atendimentos individuais e coletivos; visitas domiciliares e institucionais; e encaminhamentos à rede socioassistencial.

Além disso, realizam oficinas de convivência e de trabalho socioeducativo; incentivo à geração de trabalho e renda, através de capacitação e intermediação de mão de obra; articulação e fortalecimento de grupos sociais locais; orientações, entre outros. Agora, também cadastra e inclui famílias no benefício social Auxílio Brasil.

O público-alvo atendido é famílias e indivíduos que estejam em situação de vulnerabilidade social (extrema pobreza e pobreza); privação (ausência de renda, acesso precário ou nulo aos serviços públicos) e fragilização de vínculos afetivos (discriminação etária, étnicas, de gênero ou por deficiência).

Balanço – Com a entrega do Cras Nordeste/Lucaia, Salvador passa a ter 14 unidades requalificadas nos últimos anos. As demais estão situadas nas regiões de Cajazeiras, Calabetão, Fazenda Grande do Retiro, Bairro da Paz, Itapuã, Lagoa da Paixão, Nova Esperança/Ceasa, São Cristóvão, Itapagipe, Paripe, Brotas, Castelo Branco e Lobato.

No total, a Prefeitura investiu um total de R$10 milhões na renovação dos espaços, que fazem parte do projeto Salvador Social, criado a partir da parceria entre o Banco Mundial e a administração municipal, através da Sempre.

Fonte: Política Livre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *